quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Qual a melhor pasta de dentes para o dentinho do meu filho?

No nosso último tópico, falamos sobre os primeiros dentinhos e, ao final dele, comentei sobre o uso das pastas fluoretadas desde o primeiro dente em boca. Hoje vamos retomar de onde paramos:
Esse assunto ainda gera muitas dúvidas entre as mamães, pois antigamente se utilizava outra abordagem. Mas agora a recomendação é uma só: todas as crianças devem utilizar pastas com concentração de flúor iguais as de adulto, ou seja, com pelo menos 1100ppm (esse valor está na embalagem dos produtos).
As pastas que estão à venda com apelo infantil, que dizem “sem flúor” ou “para crianças”, por incrível que pareça, não são recomendadas. Elas não apresentam eficácia contra a doença cárie por causa da sua baixa concentração. O flúor desempenha um papel muito importante contra a cárie, pois ele devolve ao esmalte os minerais perdidos durante a ingestão de doces, balas, refrigerantes, carboidratos, diminuindo a agressão que eles causam aos dentes. Quando a cárie já está presente, ele ainda ajuda a progressão dela ser mais lenta. Mas para que isso ocorra precisamos de uma concentração ideal.
Portanto, o correto é usar pastas de dente iguais às dos pais, porém EM PEQUENAS quantidades. Costumamos dizer que é o tamanho de um “grão de arroz cru”. Essa quantidade é segura, garante o efeito anticariogênico, não produz tanta espuma e, podem ficar tranquilas: não vai causar fluorose. O uso dos dentifrícios fluoretados é seguro. Os benefícios superam os riscos. O importante é utilizar de forma racional: pequenas quantidades em alta concentração. Ou seja: lambuzar a escova dos pequenos com a pasta dos grandes!
DICA: Para aqueles que não toleram o gosto da pasta dos pais, pode ser utilizada a Tandy (tem gostinho bom e a concentração correta).
É uma facilidade ter apenas um tipo de pasta em casa, não é mesmo? As mães que têm um filho de cada idade devem concordar comigo. É muito pouco prático administrar vários tubos, além de ser muito mais caro!
Espero ter esclarecido essa dúvida!
Beijos e até a próxima!
Mariana Ilha é formada em Odontologia pela PUCRS, fez especialização em Odontopediatria na UFRJ e é mestranda na ULBRA. Atualmente tem consultório em Passo Fundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário