quinta-feira, 28 de agosto de 2014

O primeiro dente de leite

Parece que a Mariana adivinhou o que está acontecendo aqui em casa. Desde sábado que o primeiro dentinho de uma das gêmeas começou a nascer.
Por sorte ela está muito boazinha e não teve febre, dor de barriga e nem não ficou chorosa, apenas quer morder tudo que vê pela frente. Porém nem todas famílias tem tanta sorte assim e cada dentinho que surge é um momento desconfortável para todos, principalmente para o bebê. No post a nossa odontopediatra esclarece as principais dúvidas dessa etapa de desenvolvimento dos babies.
O PRIMEIRO DENTE LEITE
Hoje vamos falar um pouco sobre o nascimento dos dentinhos de leite que muitas vezes incomodam as mães e os pequenos.
Por volta dos 6 meses de vida, a dentição começa a irromper, e acaba modificando o comportamento do bebê, apenas nesse momento, depois tudo volta ao normal. Alguns ficam mais agitados, ou com "coceira" na gengiva. Ao mesmo tempo temos a maturação das glândulas salivares, aumentando a salivação, quando começa aquela "babação" toda.
O aparecimento dos dentes força o bebê a abandonar o vínculo oral estabelecido com a mãe, pois acaba interferindo na amamentação, e isso leva o bebê a buscar outros objetos para satisfazer sua necessidade oral. Nesse momento a consulta ao odontopediatra, não é mais somente para a mamãe mas também para a criança, para que ele comece a se naturalizar com a manipulação da boca, e ambos saiam de lá tranquilos, sabendo o que pode esperar nós próximos meses.
Uma dica bem importante é adquirir os mordedores com água/gel dentro, pois podem ir no freezer, e além de massagear a gengiva, diminuem a sensação de irritabilidade local. Existem também alguns produtos que são a base de anestésicos e camomila, que podem ser usados, desde que em pequenas quantidades e baixa freqüência, pois como eles tem anestésico, podem levar a reações de hipersensibilidade.
Os dentes de leite terminam de erupcionar por volta dos 2 anos e meio e totalizam 10 dentes. Mas lembrem-se: isso e uma média. Podem ter crianças que terminem antes ou depois. Geralmente levam 6 meses para a coroa estar toda em boca, mas lembrem: isso não e uma regra.
E o mais importante: após a erupção do primeiro dentinho, já deve ser utilizada a escova dental para limpeza do mesmo, além da gaze umedecida com água filtrada, onde ainda não há dente. A escova deve ser levemente lambuzada no creme dental com flúor! E já posso adiantar: esse será nosso próximo tópico!
Um beijo a todos,
Com carinho, Mariana.
Mariana Ilha é formada em Odontologia pela PUCRS, fez especialização em Odontopediatria na UFRJ e é mestranda na ULBRA. Atualmente tem consultório em Passo Fundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário